Principal
   Notícias Gerais
   Esportes
   Informática
   Variedades
   Eventos
   Educação
   Guia Astral
   Agenda
   Cobertura de Eventos
   Nossa Cidade
   Mural de Recados
   Utilitários
   Contate-nos
   Concursos
 
 
 
 
 
 Login:
 Senha:
 
Joinville perde gols e Malwee empata o clássico catarinense no final
22/05/07 às 15:08 h


LIGA NACIONAL DE FUTSAL:
Joinville perde gols e Malwee empata o clássico catarinense no final

 

Joinville/Krona/DalPonte empataram por 4 a 4, na noite desta segunda-feira (21/5), em jogo ocorrido na cidade de Joinville, norte catarinense, no ginásio Ivan Rodrigues. O resultado manteve a Malwee à frente do JEC, já que o clube visitante chegou aos 17 pontos, ficando na terceira colocação. O clube anfitrião vem logo atrás, em quarto, com 16 pontos.

O confronto começou quente, apesar da noite amena de Joinville. Malwee e JEC tiveram chances, com Falcão e Júnior, mas foi Mithyuê quem abriu o placar para o time da casa. Após cobrança rápida de lateral ele apareceu como um tiro para chutar rasteiro, no canto de Tiago.

A pressão do Joinville aumentou após a marcação do primeiro gol, tanto que o segundo tento saiu segundos depois. Rogério interceptou um cruzamento e lançou pelo alto para Renatinho Paulista ganhar na cabeça e de costas, acertar o ângulo de Tiago, que foi pego no contra pé e nada pôde fazer.

A Malwee até tentou equilibrar o jogo, mas a forte marcação imposta pelo time anfitrião não permitia que a equipe comandada por Ferretti se aproximasse da meta defendida por Rogério. E mais: aproveitou os contra-ataques para ter chances de gol. Com isso o placar foi ampliado quando Antônio aproveitou uma bola espirrada e chutou no canto para marcar o terceiro do Joinville.

Um erro, contudo, fez com que a Malwee descontasse. Adeirton perdeu a bola no meio para Valdin que tocou para Falcão marcar o primeiro to time jaraguaense. Mas o Joinville voltou a marcar, após um erro incrível entre Tiago e Xande, que se enrolaram com a bola. Renatinho Paulista se aproveitou para bater de leve e marcar o quarto dos anfitriões.

Na segunda etapa Mithyuê, em jogada individual, forçou Dudu a fazer uma grande defesa. O mesmo Mithyuê continuou bem e pouco depois, em nova jogada, passou por dois marcadores e chutou para nova defesa salvadora do goleiro da Malwee. O Joinville estava muito bem, mas perdia chances incríveis, duas em especial, com Mithyuê, Serginho e Waguinho.

E como quem não faz toma, a Malwee descontou mais uma vez. Márcio recebeu em profundidade e, com um leve toque, deslocou o goleiro Rogério. Mesmo com o gol sofrido, os donos da casa continuavam abusando do direito de perder gols. Na tentativa de conseguir pressionar o sistema defensivo joinvillense, Xande entrou como goleiro-linha.

Com isso a Malwee conseguiu o que queria. Augusto recebeu passe de fronte a Rogério e bateu de forma certeira para diminuir. Daí a Malwee continuou pressionando muito o time da casa e conseguiu empatar o jogo com Augusto, que recebeu um passe da lateral e chutou após defesa parcial de Rogério. Com isso o jogo terminou empatado.

Para Vander Iacovino, técnico do Joinville, seu time pecou nas finalizações erradas na segunda etapa. "Lamentavelmente perdemos muitos gols e isso é imprescindível quando jogamos com uma equipe da qualidade da Malwee. Mas foi um bom jogo, entre times que podem ser campeões desta Liga Futsal."

Fernando Ferretti gostou da reação de sua equipe no segundo tempo, porém disse que preferia que a Malwee fosse mais equilibrada durante o confronto. "Tivemos a grande reação no final do confronto, no qual nos arriscamos muito, mas conseguimos ir bem e empatar. Mas preferia que minha equipe estivesse bem durante todo o jogo e não jogasse tão mal no primeiro tempo."


Fagner Pinho
Assessoria de Imprensa da Liga Futsal
 


 + Matérias Relacionadas:

Wilson
Mendonça
Repórter e
Redator