Principal
   Notícias Gerais
   Esportes
   Informática
   Variedades
   Eventos
   Educação
   Guia Astral
   Agenda
   Cobertura de Eventos
   Nossa Cidade
   Mural de Recados
   Utilitários
   Contate-nos
   Concursos
 
 
 
 
 
 Login:
 Senha:
 
Flamengo vence Madureira e fica com o título
08/03/07 às 09:10 h


A nação rubro-negra pode comemorar com todo o orgulho do mundo o 17º título da Taça Guanabara na história do clube. Nesta quarta-feira (7), o time voltou a jogar como grande, marcou 4 a 1 no Madureira e fez o Maracanã virar uma festa.  

E foi bem mais fácil do que qualquer rubro-negro poderia imaginar. Com 13 minutos, o Flamengo já havia feito 3 a 1 no Madureira, e a torcida cantava feliz no Maracanã. Cantou até o fim do jogo e soltou de vez o grito de campeão com o quarto gol, de Renato, aos 37 do segundo tempo. 

O que tinha tudo para ser uma partida dramática virou festa em menos de dois minutos. Léo Moura cruzou, e Souza cabeceou para abrir o marcador.

O Madureira ainda empatou logo em seguida, com Léo Fortunato aproveitando uma falha de Claiton. Mas, aos oito, Souza marcou mais um, de novo de cabeça, e deixou o Mengão mais perto do título.

A avalanche de gols no início da partida não foi à toa. O Flamengo que entrou em campo para a decisão nada tinha a ver com o que dormiu no Maracanã no domingo. Souza parecia querer acabar de vez com o fantasma de Obina, e Renato mostrava a raça que fez dele um ídolo da torcida.

E Renato Augusto? Depois de uma seqüência de atuações apáticas, voltou a fazer diferença. Seu gol foi um lance de raça e de sorte. Arrancou na área, fez uma tabela involuntária com dois zagueiros do Madureira, e a bola sobrou limpa para o terceiro gol.

Logo no começo do segundo tempo, Roni mandou na trave a chance de fazer o quarto gol. O Flamengo ia perdendo gols, mas deixava pouco espaço para o Madureira fazer o segundo, o que levaria a decisão para os pênaltis. Juan também perdeu um, mas a torcida nem deu sinal de desespero.

A festa ficou completa aos 37. Renato cobrou com perfeição o pênalti sofrido por Claiton. Flamengo campeão!

Elias Duba, cartola do Madureira que nos últimos dias disse que era um discípulo de Eurico Miranda, sentiu na pele ontem o que o vascaíno se acostumou a sentir: foi vice do Flamengo.  

Agora, são 17 títulos do Flamengo contra 11 do Vasco, 8 do Fluminense e 4 do Botafogo.  Números que deixam bem claro quem é que manda no futebol do Rio.

FLAMENGO 4 x 1 MADUREIRA
Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique
Auxiliares: Marcos Tadeu Peniche Nunes e Jorge Luis Campos Roxo
Cartões amarelos: Claiton, Souza (Flamengo); Maicon e Djair (Madureira)
Público: 57.508
Gols: Souza, a um minuto e aos 8 minutos; Léo Fortunato, aos três minutos, e Renato Augusto, aos 13 minutos do primeiro tempo.  Renato (pênalti) aos 37 minutos do segundo tempo.

FLAMENGO
Bruno, Leonardo Moura, Ronaldo Angelim, Irineu e Juan; Paulinho, Claiton (Leandro Salino), Renato e Renato Augusto (Juninho); Roni e Souza. 
Técnico: Ney Franco

MADUREIRA
Everton, Claudemir, Odvan, Léo Fortunato e Amarildo; André Paulino, Djair, Neto (Djair), Zé Augusto e Maicon (Alan); Fábio Júnior (Assunção).
Técnico: Alfredo Sampaio

Fonte: faxaju


 + Matérias Relacionadas:

Wilson
Mendonça
Repórter e
Redator