Principal
   Notícias Gerais
   Esportes
   Informática
   Variedades
   Eventos
   Educação
   Guia Astral
   Agenda
   Cobertura de Eventos
   Nossa Cidade
   Mural de Recados
   Utilitários
   Contate-nos
   Concursos
 
 
 
 
 
 Login:
 Senha:
 
Acelere sua internet sem perder a cabeça
18/03/08 às 14:31 h


Olá, leitores. Hoje vamos falar de internet. Pronto para acelerar sua conexão?
A evolução comercial e técnica das conexões de banda larga coloca em nossos computadores velocidades de até 8 Mbits/s, valor astronômico perto dos 9.6kbits/s que tive em meu primeiro acesso. Porém desde aquela época existe uma reclamação recorrente da maioria dos internautas: a internet lenta. Por mais real e incômoda que seja essa expressão, a reclamação se difunfiu entre os usuários e acabou sendo distorcida. Quem nunca a pronunciou, com ou sem razão, que atire a primeira pedra.

Mas existem contextos em que a expressão “internet lenta” é verdadeira. O que nem todo mundo sabe é que existem caminhos para melhorar o desempenho de navegação na grande rede. São dois grandes grupos de programas: Aceleradores de navegação e de transferência. Ambos desempenham o papel de reduzir o tempo que um arquivo leva para ser completamente transferido para seu computador. Mas eles funcionam de formas diferentes, e vou explicar agora do que se trata.

>>>> Aceleradores de navegação
A grande vantagem dos aceleradores de navegação está no tratamento que eles dão aos arquivos de imagem (jpg, png, gif e etc), deixando-os menores e, por conseqüência, mais leves para serem transferidos dos servidores para seu computador. Outro fator importante é a compactação dos arquivos HTML (que compõe as páginas), o que também diminui o peso.

No caso da compressão dos HTMLs, não existe diferença visual em sua navegação, ao contrário da compressão das imagens. Quanto mais a qualidade da imagem for reduzida, pior é a apresentação em tela. Isso em um cenário em que a qualidade das imagens já é limitada. A grande maioria dos portais de internet trabalha com imagens em qualidade baixa para privilegiar a velocidade de navegação dos usuários e economizar o tráfego de dados em seus servidores.

Outra característica peculiar dos aceleradores é o uso do armazenamento de fragmentos das páginas já visitadas em seu computador e em um servidor remoto. Isso funciona da seguinte forma: quando você solicita uma página, por exemplo, www.g1.com.br, o acelerador verifica se você já acessou essa página e verifica também se ela está diferente em relação ao último acesso. Se não estiver, ele apresenta o arquivo que já está em sua máquina.

Quando o acelerador pertence ao provedor com a qual você se conecta à rede, esse recurso de cache das páginas acontece diretamente nos servidores deles, reduzindo o tempo de tráfego de rede e levando ao usuário a sensação de velocidade. Os programas também alteram as configurações de rede/dial up e de seu navegador para aumentar o desempenho de navegação. Tais configurações podem melhorar a velocidade, mas podem também causar instabilidade na conexão. Por fim, vale ressaltar que esses programas não são milagrosos, apesar de alguns prometerem isso. Eles reduzem a sensação de lentidão, mas não transformam sua linha discada em banda larga.

Google Web Accelerator
img_01_google_1803208.jpgComo tudo que o Google faz, o programa é simples e objetivo. Voltado a usuários de banda larga, promete melhorar o desempenho da navegação e diz, claramente, que quem tem conexão discada não sentirá tanta diferença - confira no FAQ do programa (em inglês).

Ao finalizar a instalação, basta fechar o navegador e iniciá-lo novamente. O programa inclui um ícone ao lado do relógio do PC. Clicando com o botão direito, você tem acesso ao menu Preferences apresentado na imagem acima, e pode configurá-lo melhor.

Procurei outras opções decentes para indicar, além do Google, mas não encontrei nada que eu pudesse recomendar e ter a certeza de uma boa indicação. Testei alguns, mas não gostei do processo de instalação e achei a configuração bem complexa. Em todo caso, vale lembrar que os provedores têm aceleradores próprios, que podem ser usados por seus usuários em conexões discadas. Acesse a página de seu provedor e procure por tal programa - ou entre em contato com o suporte para saber se a ferramenta existe e como transferi-la para seu computador.

>>>> Aceleradores de downloads
Os aceleradores de transferência de arquivos (downloads) têm duas funcionalidades básicas para melhorar o desempenho. A primeira: eles buscam pelo arquivo baixado em outros locais/sites para efetuar a transferência a partir de diversas fontes - se uma ficou mais lenta, ele dá prioridade a outra. A segunda: eles fragmentam o arquivo em diversos pequenos pedaços e transfere-os simultaneamente de diferentes locais.

Esses dois princípios básicos possibilitam a diminuição do tempo de transferência de arquivos, dando a você a sensação de maior velocidade. Note que o acelerador de download apenas trata os arquivos transferidos de outra forma, reduzindo o tempo sem alterar a velocidade de sua conexão.

DAP – Download Accelerator Plus
img_02_dap_180308.gif
O DAP é um programa muito usado para realizar downloads. Ele tem os dois princípios básicos que apresentei acima. A instalação requer alguns cuidados, já que o DAP sugere a instalação de outros programas - que não recomendo usar. Após a instalação, o DAP ficará integrado a seu navegador. Sempre que detectar a transferência de um arquivo ou programa, ele será executado automaticamente, como mostra a animação acima. Basta clicar no botão Download para agilizar os processos.

FlashGet
O FlashGet é mais completo e tem menos propagandas que o DAP, mas funciona da mesma forma, integrado a seu navegador. Apesar disso, ele usa um inconveniente ícone com a taxa de transferência em sua tela, mesmo quando não está baixando nada. Para desabilitar essa telinha, clique sobre ela com o botão direito e desmarque a opção Show DropZone.

>>>> Considerações finais
Muitas vezes a lentidão na conexão está diretamente ligada ao seu computador, que tem pouca memória, disco rígido muito cheio ou mesmo um processador mais limitado. Nesses casos, a solução é trocar as peças do PC para melhorar o desempenho. A lentidão também pode estar associada a muitos arquivos de histórico em seu navegador - neste post eu ensinei como eliminá-los usando um programa prático e eficiente. Também já expliquei como deixar o PC mais veloz e isso pode interferir positivamente na navegação na internet. Claro que o post gerou dúvidas, então vá até o pacotão de dúvidas da época.

Fonte: G1 o Portal de Noticias da Globo


 + Matérias Relacionadas:

Genilton
Ferreira
Administrador do site
e Redator