Principal
   Notícias Gerais
   Esportes
   Informática
   Variedades
   Eventos
   Educação
   Guia Astral
   Agenda
   Cobertura de Eventos
   Nossa Cidade
   Mural de Recados
   Utilitários
   Contate-nos
   Concursos
 
 
 
 
 
 Login:
 Senha:
 
Fãs lutam na internet para dar sobrevida ao Windows XP
14/04/08 às 15:53 h


Os sistemas operacionais da Microsoft rodam na maioria dos computadores pessoais de todo o mundo e são uma grande fonte de renda para a maior desenvolvedora de software. Mas você nunca confundiria um usuário de Windows com os fãs apaixonados do Mac OS X ou do sistema operacional Linux. A não ser que seja um usuário do Windows XP, plataforma que a Microsoft quer aposentar.

Os fãs do sistema operacional lançado há seis anos, que deve sair das prateleiras em junho, usam a internet para protestar contra essa medida via blogs, petições e até desenhos. Eles defendem a superioridade do Windows XP em relação ao Windows Vista, o sistema operacional mais recente da Microsoft, lançado oficialmente para usuários domésticos em janeiro do ano passado.

Não interessa quanto a Microsoft tente convencer os usuários de tecnologia a migrar para o Vista, algumas pessoas não aceitam essa mudança. Elas reclamam que a nova plataforma exige software robusto, apresenta incompatibilidade com diversos programas e utiliza pop-ups em seu sistema de segurança, algo considerado irritante.

Para esse público, o fim da oferta de Windows XP nas lojas e o gradual desaparecimento de seu suporte nos próximos anos são encarados como motivo de preocupação.

 

Galen Gruman, por exemplo, é um jornalista de tecnologia mais acostumado a escrever sobre tendências do que a fazer parte delas. Depois de conversar com usuários do Windows por meses, ele se deu conta de que muitos compartilhavam seu desgosto pelo Vista e apego ao XP. “As pessoas parecem ter percebido que o XP não estará mais disponível a partir de 30 de junho. Depois disso, o que vamos fazer?”, questiona. “Se ninguém agir, ele vai desaparecer.”

Para que isso não aconteça, Gruman criou a petição on-line Save XP (salve o XP), que já reúne mais de 100 mil assinaturas e milhares de comentários. Muitos usuários, por exemplo, pedem que a Microsoft continue vendendo essa versão de seu sistema operacional até o lançamento da próxima, previsto para 2010. Outros afirmam que, se o XP for extinto, migrarão para as plataformas Mac ou Linux.

A Microsoft já prolongou a comercialização do XP uma vez, mas não dá sinais de que fará isso novamente. A empresa não quis se encontrar com Gruman para discutir a petição. Em um comunicado à Associated Press, a companhia disse estar ciente dessa manifestação e afirmou que vai “continuar sendo guiada pelo retorno de parceiros e clientes”.

Segundo a empresa de consultoria IDC, 94% de todos os computadores com Windows adquiridos em todo o mundo neste ano terão a versão Vista. A Microsoft pretende deixar de dar suporte total para o XP em abril de 2009, mas continuará oferecendo soluções de segurança de maneira mais limitada até abril de 2014.

Fonte: G1 o Portal de Noticias da Globo


 + Matérias Relacionadas:

Genilton
Ferreira
Administrador do site
e Redator