Principal
   Notícias Gerais
   Esportes
   Informática
   Variedades
   Eventos
   Educação
   Guia Astral
   Agenda
   Cobertura de Eventos
   Nossa Cidade
   Mural de Recados
   Utilitários
   Contate-nos
   Concursos
 
 
 
 
 
 Login:
 Senha:
 
Programas na web funcionam como agenda, Post-it, editor de textos e de planilhas
29/04/08 às 14:48 h


A web 2.0 já foi tema aqui no blog e hoje vou explorar uma das suas principais características: a oferta de serviços. Há uma série de sites que facilitam nossas vidas, integrando agendas de compromissos, blocos de anotação, controle financeiro, soluções para escritório e muitos outros serviços que você pode usar sem instalar nada no seu PC.

>>>Google Agenda
O Google Agenda é uma ferramenta simples e eficiente para gerenciar eventos, calendário e afins. Para usá-la, basta ter uma conta no Google — caso não tenha, clique aqui e se cadastre.

img01_gagenda_290408.jpg

A interface é objetiva. À esquerda, você encontra um calendário com o mês corrente. Clicando sobre os dias ao lado direito da tela, o programa faz uma atualização com a lista de dias da semana à qual o dia clicado pertence.

segunda.jpgClicando sobre um horário, o balão ao lado irá aparecer. Basta colocar uma breve descrição do evento para cadastrá-lo. É possível também detalhar o evento. Repare no balão que tem um link chamado editar detalhes do evento – clicando nele, é possível descrever onde será o evento, preencher uma descrição mais detalhada, incluir lembrete via e-mail e o principal: convidar pessoas para participar.

terceira.jpgOutra funcionalidade interessante é integrar à sua agenda os dados de agendas públicas, como os feriados ao longo do ano. Clicando no item adicionar, presente no menu à esquerda ilustrado na imagem ao lado, existe a opção adicionar agenda pública. Clicando nela, será aberta uma tela de busca com abas na parte superior da tela. Selecione pesquisar agendas e aparecerão alguns itens, entre eles os feriados brasileiros.

Essas agendas públicas são geradas por outros usuários do mesmo serviço. Por isso, é bom lembrar que nem tudo é 100% confiável.

>>>Google Notas
Sabe o bom e velho Post-it? Quem nunca teve um papelzinho amarelo grudado ao lado do monitor que atire a primeira pedra! Eu sempre tive um certo grau de repulsa àqueles adesivos, não sei por quê. Mas nunca achava algo que poderia substitui-los. Há alguns anos, a 3M lançou um Post-it virtual, mas ele é pago. Existe também uma versão alternativa gratuita. Ambos têm um lado negativo: suas anotações ficam restritas ao PC onde o programa está instalado, o que não acontece com o serviço de notas do Google.

Com ele, você pode fazer anotações durante o dia, no trabalho, e ao chegar em casa elas estarão em seu outro PC. Essa ferramenta peca um pouco, no entanto, naquilo que sempre foi característica do Google: ser simples e intuitivo. Não acho que seja tão intuitivo quando deveria ser. De qualquer forma, continua sendo uma boa alternativa.

img04_gnotas_290408.jpg

Vamos por partes entender a interface. À esquerda, temos uma lista de blocos de notas. Ao clicar em criar um novo bloco de notas, o site irá atualizar o lado direito — repare que o cursor do mouse irá aparecer piscando no local do título. Escreva o título que você quiser dar a esse bloco e pressione a tecla enter.

Após gravar o nome do bloco de notas, o cursor aparecerá em uma tarjeta cinza, como a ilustrada abaixo. Basta digitar sua anotação e clicar com o mouse fora da área de texto (isso é o que acho pouco intuitivo). Se quiser adicionar uma nota nova, clique na área branca embaixo da última nota, e o campo cinza irá aparecer novamente.

img05_gnotasbarr_290408.jpg

Uma possibilidade interessante é a de criar rótulos para suas anotações: isso ajuda a filtrar e gerenciar esses pequenos textos. Use o link adicionar rótulo e cada item criado aparecerá no canto inferior esquerdo do site. Clicando sobre cada um deles, você verá todas as notas associadas ao rótulo clicado.

A melhor parte disso tudo é o fato de você não precisar entrar no site para checar suas notas. Existem complementos para o Internet Explorer e para o Firefox que integram o bloco de notas ao navegador, facilitando tudo. Repare no alto da tela do sistema: lá fica o link para baixar os complementos, já adaptados para o navegador que você estiver usando.

>>> PACOTES DE ESCRITÓRIO
A internet também oferece programas on-line que substituem o pacote Office, da Microsoft – softwares de edição de texto, planilhas e apresentações estão entre as alternativas. Uma das opções nessa área é o Google Docs, que você pode conhecer aqui. Neste post, não vou falar sobre esse programa do Google: darei mais atenção a outros programas tão bons quanto ele.

Vou apresentar três soluções diferentes: o Zoho, o ThinkFree e o EditGrid. De cada uma dessas alternativas, vou dar destaque a um aplicativo.

>>>Zoho
O Zoho é uma suíte de soluções muito interessante: tem ferramentas on-line de planilha, editor de textos, apresentação, bloco que notas e ferramenta de planejamento, entre outras. Vou destacar aqui a ferramenta de edição de textos, o equivalente ao Word, da Microsoft.

Zoho Writer

img06_zohowri_290408.jpg

O editor de textos não é tão bonito como você pode constatar na imagem acima, mas é bastante funcional. Em uma coluna à esquerda ficam seus documentos; à direita, o editor propriamente dito. Ele tem as principais funcionalidades, como tipos de letra, alinhamento, opções de cores para o texto e uma série de outras ferramentas.

Na barra de menu, no ícone com as letras ABC, é possível selecionar o idioma Portuguese (BR). Assim, você poderá usar o corretor ortográfico.

Importantíssima e super escondida é a barra em letras cinza acima do editor: nela ficam ações como a Export, que serve para você exportar o arquivo editado para seu PC. São diversos formados: DOC para Office 2003 ou anterior, DOCX para Office 2007, PDF e ODF (para Open Office) entre outros.

Um recurso muito bom está no item History, dessa mesma barra cinza. Ele mostra o documento em todos os momentos que você acionou o botão salvar — ou seja, ideal para você controlar alterações e equívocos de uma forma mais organizada. Se você tem facilidade com inglês e um pouco de paciência – para achar esses importantes itens que ficam escondidos –, essa é a sua solução.

>>>ThinkFree

img07_thinkfree_290408.jpg

ThinkFree é uma solução de escritório on-line gratuita. Ao contrário do Zoho, tem um visual bem agradável, parecido com os programas da Microsoft, facilitando o uso para quem está acostumado com o Word e outras ferramentas da empresa de Bill Gates. Ele possui um editor de textos, editor de apresentação e planilha eletrônica.

O cadastro é simples. Mas para rodar os editores de forma decente, é preciso ter o Java instalado na máquina. Caso não tenha, o próprio site do ThinkFree orienta a fazer a instalação.

O site dispõe de 1 GB de espaço para você armazenar seus documentos. Ao entrar no sistema, clique em My Office e terá acesso à tela apresentada acima, onde poderá abrir os aplicativos de documento, planilha e apresentação. O destaque aqui vai para essa última alternativa, que equivale ao PowerPoint.

ThinkFree Presentation

img08_thinkfreepla_290408.jpg

O Presentation equivale ao PowerPoint e esses dois programas também são bem parecidos em termos visuais. À esquerda aparecerá o primeiro slide de sua apresentação, com dois campos de texto: ao clicar nele, você poderá editar o texto, alterar a fonte, cor, tamanho e demais detalhes presentes na barra de ferramentas superior dessa aplicação.

Ao apertar o botão NewSlide, a aplicação irá abrir uma janela com opções de aparência para o slide. Clique sobre cada uma delas e ela será apresentada na área central. Escolha a mais apropriada e inicie a edição.

A barra inferior tem recursos interessantes, como o desenho de um bonequinho, que é uma ferramenta de cliparts – desenhos simples e muitas vezes divertidos, que servem para ilustrar situações e deixar sua apresentação mais agradável. Existem diversos deles, já pré-cadastrados para você usar. Há também um ícone logo ao lado dos cliparts, com uma paisagem, que ajuda você a incluir na apresentação uma imagem já existente no PC.

img09_thinkfreesave_290408.jpgAo salvar o arquivo, o ThinkFree faz bom uso do Java. Repare que, no menu ao lado, a primeira opção, My Office, é para salvar a apresentação no sistema on-line do site. As demais permitem que você salve o conteúdo no seu PC, como se a aplicação do site estivesse no seu computador. Esse é um recurso diferenciado e muito interessante.

O ThinkFree salva os arquivo em diferentes formatos, como PDF e todas as versões de PowerPoint.

>>>EditGrid

img10_editgrid_290408.jpg

Esse aplicativo é uma solução muito útil e completa para planilhas eletrônicas. O mais interessante é que ele tem uma biblioteca de planilhas prontas, para facilitar sua vida. São poucas opções, cerca de 20, mas já podem ajudar.

Se você não domina bem a língua inglesa, pode ativar um modo híbrido, pois nem tudo está traduzido. Para isso, clique no item preferences no menu superior, atualize o campo de país, fuso horário e idioma. Ao salvar, você notará que boa parte das opções passará para português.

O editor de planilha lembra o Excel, inclusive com a mesma sintaxe para fórmulas – em inglês – do Excel. Não vou me aprofundar muito em como usar uma planilha eletrônica, mas as dicas que dei neste post servem para você entender como elas funcionam.

Claro, leitores, que existem milhares de outras soluções espalhadas pela internet. Quis apenas trazer uma pequena, mas valiosa, amostra dessas aplicações que facilitam nossa vida quando não temos os programas instalados ou precisamos de portabilidade.

Sexta-feira, em plena “ponte” do feriadão, estarei de volta com um super pacotão de dúvidas. Até lá os comentários estão esperando você! Deixe sua mensagem com uma dúvida, opinião ou sugestão!

Fonte: G1 o Portal de Noticias da Globo / Tecnologia // Texto de: Fernando Panissi


 + Matérias Relacionadas:

Genilton
Ferreira
Administrador do site
e Redator