Principal
   Notícias Gerais
   Esportes
   Informática
   Variedades
   Eventos
   Educação
   Guia Astral
   Agenda
   Cobertura de Eventos
   Nossa Cidade
   Mural de Recados
   Utilitários
   Contate-nos
   Concursos
 
 
 
 
 
 Login:
 Senha:
 
Windows Vista 'come' bateria de laptop
04/05/07 às 20:41 h


Windows Vista 'come' bateria de laptop

Utilização da interface Aero prejudica duração de bateria de notebooks.
Fabricantes estão desenvolvendo configurações próprias para contornar problema.

Alguns dos mais importantes consumidores da Microsoft, os fabricantes de computadores, não estão contentes com a duração da bateria dos notebooks equipados com o novo sistema operacional da empresa, o Windows Vista. O principal culpado parece ser a interface Aero, uma novidade do sistema que o torna mais agradável aos olhos com janelas transparentes e transições animadas de aplicativos. Quando o Aero é desligado, o tempo de duração da bateria fica igual ao do Windows XP. Com ele funcionando, ela dura menos.

“É um pouco assustador”, diz John Wozniak, do departamento de engenharia de notebooks da HP, referindo-se ao trabalho que a empresa teve que fazer para tornar o Vista mais adaptável aos computadores portáteis.

Segundo o site "Cnet", a Microsoft fez modificações importantes no Vista para melhorar alguns aspectos relacionados ao tempo da bateria, como modos mais inteligentes de hibernação e opções mais simples para escolher um modelo de gerenciamento de energia. Mesmo assim, usuários que gastaram mais dinheiro com laptops adequados às necessidades do Vista e do Aero tiveram que se conformar com uma uma utilização mais simples do sistema operacional para ter um maior tempo de uso da bateria.

A HP decidiu não utilizar as configurações de energia do Vista e desenvolveu suas próprias configurações para os laptops com o sistema operacional, permitindo aos usuários estabelecer um balanço entre a energia de processamento e a duração da bateria.


Apesar da polêmica, a Microsoft afirmou ter feito um estudo que não mostrou diferenças no tempo de carregamento dos aplicativos entre um notebook com o Aero desabilitado e outro utilizando os gráficos elaborados. Ainda assim, a empresa não se abateu com a decisão da HP e outras críticas. “Nós encorajamos as fabricantes de computadores a adequar suas características de energia para que o usuário possa extrair mais da máquina”, disse a Microsoft.

Baterias sempre foram um problema em outras transições de sistema operacional. A diferença agora é que os notebooks são mais vendidos e tendem a se tornar a maioria no mercado até o fim da década. De sua parte, a Microsoft deve melhorar a performance do sistema com o lançamento de atualizações, devido a pressão dos usuários de laptops, que consideram o tempo de duração da bateria como prioridade.

Do G1, em São Paulo


 + Matérias Relacionadas:

Genilton
Ferreira
Administrador do site
e Redator