Principal
   Notícias Gerais
   Esportes
   Informática
   Variedades
   Eventos
   Educação
   Guia Astral
   Agenda
   Cobertura de Eventos
   Nossa Cidade
   Mural de Recados
   Utilitários
   Contate-nos
   Concursos
 
 
 
 
 
 Login:
 Senha:
 
Caso André Moura: TRE decide pela Cassação. Advogados vão recorrer
15/06/07 às 08:43 h


A presidenta do pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargadora Madeleine Gouveia, cassou ontem o diploma eleitoral do deputado estadual André Moura (PSC) aplicando-lhe uma multa de 50 mil ufis, o equivalente a R$ 54 mil. A pena da multa se estendeu ao ex-secretário Metropolitano, Ariovaldo Leite, por ocupar um cargo público e ter cedido o carro.

André Moura permanece no cargo até a comunicação e publicação da decisão. Ele será afastado imediatamente após os trâmites legais e em seu lugar assume Goretti Reis (DEM), já que os votos ficam para a legenda e ela é primeira suplente.

O advogado do deputado estadual André Moura, Paulo Ernani, disse que vai entrar com liminar, junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília, logo após a informação e publicação da decisão. O primeiro ato é pedir o efeito suspensivo, para que o parlamentar permaneça no mandato até o julgamento do mérito e depois tentar reverter a situação que o acusa de compra de voto.

O promotor de Justiça Paulo Guedes Fontes declarou, logo após a decisão da desembargadora, que acreditava na perda do mandato em razão da tese que fora exposta por ele durante o processo de acusação. Reconheceu que foi “feito justiça”.

Ontem, em casa, o deputado André Moura disse que não discute a decisão da Justiça e preferiu não fazer qualquer comentário. Revelou que nesta sexta-feira (15) fará uma reunião com os seus advogados, para que seja decidido os primeiros passos a tomar.

Um dos seus advogados, José Rollemberg Leite Neto, retorna na noite desta quinta-feira (14) a Aracaju, procedente de Brasília, e hoje participa do encontro entre os deputados e seus defensores.

Fonte: cnoticias

 + Matérias Relacionadas: