Principal
   Notícias Gerais
   Esportes
   Informática
   Variedades
   Eventos
   Educação
   Guia Astral
   Agenda
   Cobertura de Eventos
   Nossa Cidade
   Mural de Recados
   Utilitários
   Contate-nos
   Concursos
 
 
 
 
 
 Login:
 Senha:
 
Senadora Maria do Carmo diz que Flávio deveria ter sido preso há tempo
06/07/07 às 08:36 h


 

A senadora Maria do Carmo Alves, DEM, rompe um silêncio de quase dois meses do pós-Operação Navalha e aprofunda suas suspeitas de que o lobista Flávio Conceição, atual conselheiro do Tribunal de Contas e ex-secretário da Casa Civil do Governo João Alves, era de fato muito perigoso aos interesses de Estado, mas ela não conseguiu convencer a ninguém disso e nem do afastamento dele de suas funções.

“Se forem fazer uma devassa do que Flávio Conceição fez no Governo, ele estava preso há muito tempo. Não me surpreendi com o que a Polícia Federal encontrou dele falando nas fitas. O que me surpreendeu – e eu já tinha dito a João e João não acreditou – é que ele não votou em João. Ele estava secretário de Estado, numa Secretaria importantíssima como é a Casa Civil, e trabalhando contra o governador”, diz a senadora em entrevista exclusiva ao CINFORM.

A parte mais bombástica das observações da senadora sobre o modus operandi de Flávio Conceição está no aspecto político eleitoral. Ela faz declarações contundentes sobre a triangulação entre Flávio, a eleição da bancada de deputado do PSC e o submundo das empreiteiras. Ela tira de seus ombros qualquer tipo de responsabilidade pela permanência e pelas ações de Flávio no subsolo do Governo. “Eu não era o governador”, diz. Leia a matéria completa na edição do CINFORM na próxima segunda-feira.

Fonte: cinformonline



 + Matérias Relacionadas: