Principal
   Notícias Gerais
   Esportes
   Informática
   Variedades
   Eventos
   Educação
   Guia Astral
   Agenda
   Cobertura de Eventos
   Nossa Cidade
   Mural de Recados
   Utilitários
   Contate-nos
   Concursos
 
 
 
 
 
 Login:
 Senha:
 
DEPUTADO COMENTA SITUAÇÃO POLITICA DO PSC, PR E PTdoB
07/11/07 às 08:33 h


O líder da bancada de oposição na Assembléia Legislativa, deputado estadual Venâncio Fonseca (PP), comentou hoje (6) uma recente entrevista concedida pelo governador Marcelo Déda (PT) a respeito do seu suposto interesse nos parlamentares que compõem este bloco liderado pelo empresário Edvan Amorim.

Fonte: faxaju.com.br

“O governador disse na entrevista que não aceita pressão e que, para honrar o cargo e os votos que recebeu, não aceita ultimatos. Mais adiante ele disse, sua avaliação é que a base do governo na AL não tem previsão de ampliação e espera que também não haja previsão de redução. Por fim, Déda colocou que teme perder o amor de Deus, da mulher, dos filhos e do povo de Sergipe. Sobre esta declaração, pelo o que aconteceu no show de Roberto Carlos, vejo o carinho dos sergipanos por ele já não é mais o mesmo”, alfinetou o líder da oposição.

Ao ler a frase do governador de que “onde se incorpora novos aliados, perde-se velhos amigos”, Venâncio dise  que Déda só quer quatro deputados. Ele foi claro que só tem interesse em Valmir Monteiro, Suzana Azevedo, Zeca da Silva e Angélica Guimarães (todos PSC). André Moura (PSC) ele não aceita. João das Graças (PTdoB) também não tem espaço. César Mandarino (PSC) não adianta que ele (governador) não aceita,sentenciou.

O líder da oposição ainda parabenizou os parlamentares pelo fato deles terem delegado poderes ao empresário Edvan Amorim para que ele os representasse perante o governador do Estado. “Déda queria receber muita gente, menos Amorim. Agora o governador terá que recebê-lo”, completou. No final de seu pronunciamento, Venâncio em conjunto com o deputado Augusto Bezerra (DEM), demonstraram toda a satisfação com a possibilidade de contarem com os três parlamentares na bancada de oposição.

André Moura – Em aparte, o deputado André Moura explicou a sua posição em relação a seu partido e a base do governo na Assembléia. “Quando o governador coloca que não quer conversar com o deputado André Moura, eu quero deixar bem claro que não me sinto nem um pouco rejeitado ou excluído, porque em nenhum momento eu me ofereci a ele ou pedi para participar da sua bancada nesta Casa.



 + Matérias Relacionadas: