Principal
   Notícias Gerais
   Esportes
   Informática
   Variedades
   Eventos
   Educação
   Guia Astral
   Agenda
   Cobertura de Eventos
   Nossa Cidade
   Mural de Recados
   Utilitários
   Contate-nos
   Concursos
 
 
 
 
 
 Login:
 Senha:
 
Marcelo Déda Conhece bem todos os Palanques
15/06/09 às 07:07 h


aninham@itabaianase.com.br

Está na Coluna desta segunda-feira, dia 15, do conceituado jornalista Cláudio Nunes:

Mais um órfão

Pelas declarações do prefeito de Itabaiana, Luciano Bispo (PMDB), está claro que ele procura uma maneira de se aproximar do atual governo impondo seu jeito de fazer política, bastante conhecido da classe política sergipana. Luciano é doido para ser governo e para isso, sua assessoria em Itabaiana tenta passar nos bastidores que Marcelo Déda está brigado com a ex-prefeita Maria Mendonça. 

Conhece todos os palanques

Mas ao mesmo tempo Marcelo Déda sabe que Luciano Bispo conhece bem todos os palanques e a depender da conveniência política ele transita com desenvoltura entre todos os políticos. Quando Luciano critica algum secretário de Estado está apenas dando o recado de um grupo que está insatisfeito com os recentes acontecimentos principalmente os alvistas que tentaram se aproximar do governo, mas deram “com burros n`água”.

 Saúde um caos em Itabaiana

O que o prefeito devia explicar e não explica é a denúncia feita pelo radialista Edivanildo Santana, sobre a orgia publicitária em poucos meses de governo. Ele diz que tem poucos recursos mais gastou dinheiro com vários anúncios. Como perguntou o radialista: “Diante de tal realidade não é demais perguntar; de onde vem o dinheiro para bancar esta orgia publicitária? Como ficam fornecedores e prestadores de serviços ao município que começam a acumular créditos e já manifestam desconforto com a falta de pagamento? Enquanto os outdoors e as televisões caramente remuneradas impõem aos sergipanos as imagens utópicas de uma Itabaiana inventada por cabeças cujas verdadeiras intenções são desconhecidas, e emissoras de rádio transmitem spots com mensagens que escondem a realidade de um município que se submeteu a um passado nada agradável, a população reclama a falta de unidades de saúde com médicos e remédios suficientes para atender a demanda de pacientes reprimida pela falta de prioridade ou compromisso de quem na campanha eleitoral de 2008 foi às ruas dizer que se reciclou e que merecia uma chance para cuidar da cidade”.

 

Cláudio Nunes http://www.infonet.com.br/claudionunes/ler.asp?id=86620&titulo=claudionunes


 + Matérias Relacionadas:

Aninha
Mendonça
Repórter e
Redatora