Principal
   Notícias Gerais
   Esportes
   Informática
   Variedades
   Eventos
   Educação
   Guia Astral
   Agenda
   Cobertura de Eventos
   Nossa Cidade
   Mural de Recados
   Utilitários
   Contate-nos
   Concursos
 
 
 
 
 
 Login:
 Senha:
 
Olivier protoloca representação no Ministério Público
06/08/09 às 13:08 h


aninham@itabaianase.com.br

Hoje, 06 de agosto, o Vereador Olivier Chagas(PT) usou a tribuna da Câmara de Itabaiana para proferir discurso em solidariedade ao radialista Eduardo Abril, que patrocina o programa Espaço Aberto, na rádio Itabaiana FM. O parlamentar mostrou-se indignado sobre o episódio de tentativa de censura dirigida ao radialista, que apenas, comedidamente, cumpriu com o seu mister profissional de dar informações à sociedade, tratando de problemas na Administração Municipal de Itabaiana, sem maquiagem. "É um absurdo que no Brasil de hoje, agentes públicos desconheçam que a liberdade de imprensa é uma garantia fundamental, prevista na Constituição. Ademais, quando se tratam de denúnicas consistentes , voltadas para questionar a fatos da Administração pública", disse o parlamentar. Ainda em seu discurso, o vereador fez menção do radialista, dizendo que o conhece e o mesmo é um homem de bom caráter, responsável, profissional competente que não se dobra quando o assunto é manter os seus princípios, e, por isso, concluiu "Não me surpreendeu a atitude de Abril de encarar o problema de frente e não se acovardar. Ele é também um homem destemindo dentro da sua razão".
Após o termino da sessão, Olivier protocolou uma representação no Ministério Público, denunciando o problema do recesso das creches em Itabaiana/Se.
Segundo o parlamentar, o seu objetivo é dar conhecimento do problema ao Ministério, além de cobrar uma solução, esperando que a intervenção da promotoria resolva o caso, atendendo ao clamor das mães de famílias que precisam das creches funcionando aos sábados e sem férias.
A representação foi entregue ao promotor Emerson Andrade de Oliveira, curador da Defesa dos Direitos da Criança e Adolescente na Comarca, que de prova disse que analisaria o caso e marcaria audiência pública para tratar do assunto.


 + Matérias Relacionadas:

Aninha
Mendonça
Repórter e
Redatora