Principal
   Notícias Gerais
   Esportes
   Informática
   Variedades
   Eventos
   Educação
   Guia Astral
   Agenda
   Cobertura de Eventos
   Nossa Cidade
   Mural de Recados
   Utilitários
   Contate-nos
   Concursos
 
 
 
 
 
 Login:
 Senha:
 
Entrevista de João Cândido a Marcos Aurélio
14/09/07 às 07:37 h


aninham@itabaianase.com.br

Entrevista João Cândido – Líder da Prefeita

Na manhã desta terça-feira, fizemos uma entrevista longa com o vereador João Cândido (PR) que é líder da prefeita Maria Mendonça. Inicialmente publicaremos a primeira parte, onde são tratados os temas da administração municipal.
Quando o assunto da política eleitoral foi tratado, falou sobre a questão do PT – Partido dos Trabalhadores e a decisão do advogado Olivier Chagas em lançar-se candidato. João Cândido faz algumas observações reveladoras a respeito do que ocorreu há alguns anos.
O vereador falou também sobre o processo de aliança. Você irá saber o que ele pensa sobre os vereadores de oposição, a exemplo de Anderson de Zé das Canas e Vardo da Lotérica. Saberá também o que ele falou sobre o deputado federal José Carlos Machado e o ex-prefeito Luciano Bispo, que segundo João Cândido, cometeu uma grosseria imperdoável com a família dos “Donas”.
A seguir a primeira parte da entrevista:
Marcos Aurélio – Que avaliação o senhor faz da administração da Prefeita Maria Mendonça, até agora?
João Cândido - Muito positiva. Tivemos um aumento na consolidação de políticas públicas. Os servidores hoje estão com os seus salários em dia, o seu cartão magnético para receberem os seus salários nos bancos e não nas famosas filas da humilhação, nos fundos da prefeitura.
Temos também os investimentos que aportaram na cidade, inicialmente através do governo federal, com o apoio decisivo à época do prefeito de Aracaju Marcelo Déda e do ex-senador Zé Eduardo Dutra. Agora, com a chegada deste agrupamento ao comando do Estado, inúmeras ações estão sendo planejadas e outras já em vias de serem executadas, o que no governo anterior, não poderíamos sequer pensar em fazer algum beneficio para o nosso povo, porque os seus aliados, simplesmente impediam que os recursos chegassem à nossa cidade.

MA – O senhor poderia citar algumas destas ações?
JC – São inúmeros, a exemplo da Universidade Federal, da Farmácia Popular, o Parque Nacional, sem contar com os convênios que foram firmados entre a prefeitura e o governo do presidente Lula que permitiu o calçamento de várias ruas, a reconstrução da praça General João Pereira.
Ontem mesmo, o governador Déda, junto com os representantes dos Ministérios, assinaram convênios com a prefeita Maria Mendonça, para investimentos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), que irão beneficiar muitos itabaianenses, em aproximadamente 750 mil reais, para serem aplicados na infra-estrutura do Conjunto Francisco Teles. Tudo isso são vitórias de uma administração que tem compromisso com o nosso povo. O que nos dá muito orgulho em poder participar deste governo.
É claro que ainda existem pendências, como as estradas que ligam a cidade com os povoados, que esperamos que sejam solucionadas, de forma gradativa.
MA – Estas realizações são frutos de parcerias com o governo federal e agora o estadual. E os recursos próprios, qual a destinação que tem sido dada a estes valores?
JC – Além do compromisso com o salário dos servidores, pagos em dia, nós podemos apresentar também uma extensa lista de realizações. A exemplo do que a prefeita Maria tem feito no setor da educação. Toda a população sabe como estavam as nossas escolas. Uma verdadeira esculhambação. Prédios que foram construídos a mais de 30 anos, que no máximo tinha recebido uma mão de tinta, isso quando recebia. Hoje não! quem vai a um povoado e observa como estão as escolas agora, pode, de forma clara, perceber a diferença de uma administração para a outra.
Na área da saúde, a situação era a mesma. Os postos de saúde eram um completo desrespeito ao cidadão. Ali você encontrava servidores insatisfeitos desestimulados devido a falta de uma política salarial, trabalhando nas piores condições. Quanto ao usuário, ai o desrespeito era maior ainda, pois este não podia contar com nenhuma ajuda do poder público municipal, que só tinha preocupação em usar o dinheiro que arrecadava em outras operações, que o povo de Sergipe sabe muito bem quais eram.

MA – Além do que já foi realizado, o que está sendo preparado para oferecer ao itabaianense?
JC – A prefeita tem trabalhado no sentido de oferecer muitas outras obras ao município, como a ampliação da malha asfáltica, a pavimentação de ruas e avenidas, três novas avenidas que estão sendo pavimentadas, como a Nivalda Lima que já está em vias de conclusão, faltando a questão de urbanismo. A Rinaldo Mota e a Leandro Maciel, todas com sistema de esgoto, além de outras ruas, a exemplo das que ficam no entorno da Praça João Pereira que serão todas pavimentadas.

Entrevista João Cândido - Parte II (o cenário político)

Nesta segunda parte da entrevista, o vereador João Cândido começa a falar sobre a política eleitoral. Faz avaliações sobre possíveis alianças que a prefeita Maria Mendonça poderá fazer para garantir a sua reeleição. Aproveita para criticar duramente o ex-prefeito Luciano Bispo e o deputado Machado, e comenta a possibilidade de ocupação do cargo de vice-prefeito para compor visando 2008.MA – A prefeita Maria Mendonça já confirmou que irá disputar a reeleição?JC – Tanto a prefeita, quanto os que lhe dão sustentação, acreditam que as inúmeras obras que já foram realizadas, e muitas outras que faltam, precisam de um modelo administrativo que possa garantir, tanto a manutenção, para que isso não seja destruído, como também a concretização dos nossos projetos. Por isso, que ela está concentrada em administrar a cidade nos meses que faltam para concluir este mandato, e também buscarmos junto ao nosso povo, a chance de continuarmos administrando a cidade. E principalmente agora, que estamos alinhados com os governos federal e estadual. Itabaiana não irá perder esta oportunidade de concretizar estas parcerias.MA – Do ponto de vista da administração pública, o senhor entende que Itabaiana avançou?JC – Com certeza. Se formos fazer um parâmetro entre as administrações de Maria Mendonça e a anterior, as manchetes que Sergipe tinha conhecimento da nossa cidade eram desvio de dinheiro público, cheques sem fundo, atraso de salários dos servidores, obras superfaturadas, empreiteiras como é o caso da de Jeová, que vendeu e caiu fora, este caso foi denunciado por mim e pelo vereador Zé Teles, no Ministério Público, depois ele foi lá e reformulou o que teria dito. Depois disso ele desapareceu. Hoje não, o que aparece na imprensa são as notícias sobre as obras que estão vindo para o município, o respeito para com o cidadão, com o servidor, e desenvolvendo. Então, o ganho é total nessa área, e o que temos projetados, varias outras obras virão. MA – Há uma informação de que Itabaiana perdeu a Escola Técnica, oferecida pelo Governo Federal. Inclusive com acusação de que a prefeita foi incompetente neste caso...JC – na realidade é mais um desserviço, colocado pela oposição, e eu cito nomes como o deputado José Carlos Machado e o ex-prefeito Luciano Bispo, que foram a emissora de rádio, dizer que Itabaiana tinha perdido. É lamentável! Ontem mesmo o governador Marcelo Déda, fez questão de citar o deputado Machado, que estava fazendo um desserviço ao povo de Sergipe. Ele fez isso no episodio da vinda da UFS para a nossa terra, no Parque Nacional.Machado também disse que não acredita nas obras do PAC. Sobre a Escola Técnica, quero lembrar a UFS, quando ele (Machado) cinicamente disse que era uma conquista dele. Eu nunca vi Machado ao lado do Presidente. E ele cinicamente, um cidadão que se opôs à conquista da Universidade, fez boicote ao abaixo-assinado, proibindo a sua emissora de divulgar, quando Lula esteve em Itabaiana, ele também proibiu sua rádio de transmitir. Olhe, veio rádio de todo o País, a imprensa do Brasil estava em Itabaiana, mas a rádio dele, ficou tocando música, num completo desrespeito com o nosso povo. Pra depois vir dizer que foi ele que trouxe, de maneira descabida. E agora, será que ele vai ter a coragem de dizer que foi ele que conseguiu os recursos do PAC? Era só o que faltava!Pelo cronograma do Governo Federal, Itabaiana será contemplado em 2010. Isso tudo já está definido. O que é lamentável é que políticos ainda se comportem dessa maneira. MA – Itabaiana é muito polarizada no sentido político. Tanto isso é verdade que os agrupamentos partidários já começaram a buscar seus espaços. O ex-prefeito Luciano Bispo já disse que é pré-candidato em 2008, e para isso tem feitos constantes contatos, com diversas lideranças. A prefeita Maria Mendonça também tem feito política, visando as próximas eleições?JC – Na realidade eu tive uma conversa com a prefeita no sentido de avançar. Nós temos informações e eu particularmente já conversei com estas lideranças, que têm sido simpáticas a administração de Maria Mendonça. Então isso dá uma condição dela discutir política, conversar com os diversos grupos, que estarão no seu palanque. MA – O PT coloca a perspectiva de conversar em torno de uma aliança, passando pela questão da composição, indicando o vice-prefeito. Que avaliação o senhor faz?JC – Primeiro devo registrar que a pessoa que atualmente ocupa este lugar, tem uma grande credibilidade na sociedade sergipana. Maria José é uma mulher que possui um carisma e é respeitada por todas as pessoas. É alguém que tem uma sensibilidade muito grande. Ela, ao lado do seu esposo, o empresário Corcino. Acima de tudo, temos que respeita-la, e jamais devemos esquecer o compromisso e a lealdade desse casal. Mas, a política não está fechada à ampliação do grupo. E vejo o PT como os demais partidos, como grupos que poderão se somar ao projeto de Maria Mendonça. MA – Pode então haver discussão nesse sentido?JC – Claro! Não vejo nenhum problema. No momento certo, estaremos sentados, avaliando todas as possibilidades. O que não pode é querer impor este condicionamento para uma aliança, faltando mais de um ano para as eleições.

Marcos Aurélio (blog Cidadania) da Itnet
 + Matérias Relacionadas:

Aninha
Mendonça
Repórter e
Redatora